• Paraná: (41)3165-8000 - (41)3056-7871
  • Rio de Janeiro: (21)2220-7146 - (21)2262-8317
  • IJFC - No YouTube
  • IJFC - No Facebook
  • IJFC - No Instagram

Projeto Saúde Ocular

O IBC (Instituto Benjamim Constant) foi a primeira instituição de educação especial da América Latina e hoje se constitui em um centro de excelência e de referência nacional na área. Suas atividades são voltadas para o atendimento das necessidades acadêmicas, de reabilitação, médicas, profissionais, culturais, esportivas e de lazer da pessoa cega e portadora de baixa visão.

Possui uma escola que capacita profissionais da área de deficiência visual, assessora instituições, realiza consultas oftalmológicas para a população, reabilita, produz material especializado impressos em Braile e publicações científicas

Sempre em parceria com o Instituto Benjamin Constant o IJFC vem desenvolvendo o Projeto Saúde Ocular há mais de dez anos em comunidades de baixa renda, Cidade de Deus e Morro Dona Marta, ambas no Município do Rio de Janeiro, e nas escolas municipais do Município de Japeri.

O objetivo é proporcionar um exame médico completo através da equipe de oftalmologistas do Instituto Benjamin Constant e a doação dos óculos para aqueles que apresentam baixa visão e, no caso de outras patologias são encaminhados para rede pública. Os alvos são crianças, adultos e idosos.

Nos últimos anos, o Projeto saúde ocular concentrou suas ações em Japerí, município com aproximadamente cem mil habitantes, que representa um dos menores IDH do Estado do Rio de Janeiro, limitado pelos municípios de Paracambi, Serópedica, Queimados, Miguel Pereira e Nova Iguaçu.

O Projeto de Japerí começou em 2012, quando o IBC sinalizou ao IJFC o interesse de desenvolver o Projeto Saúde Ocular no município, em função das dificuldades encontradas pela população em realizar exames oftalmológicos e adquirir os óculos adequados às necessidades.

Em 2015 foi realizada a sétima fase do projeto Saúde Ocular em Japeri com o patrocínio do CNSEg – Confederação Nacional das Empresas de Seguros Privados.

Com isso foi totalizado o atendimento em todas as escolas municipais atingindo cerca de 10 mil pessoas.

Na ocasião incluímos parcialmente os alunos da Escola Padre Dr. Francisco da Motta da zona portuária da capital, para completar o número de elegíveis que foram levados ao Instituto Benjamim Constant.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *